terça-feira, 28 de agosto de 2012

Já Buddha escrevia:

"Não há nada mais terrível do que o hábito da DÚVIDA.
A DÚVIDA separa as pessoas; é um veneno que desintegra amizades e rompe relações agradáveis; é um espinho que irrita e dói; é uma espada que mata".

Portanto, tenhamos poucas dúvidas na nossa vida.

19 comentários:

  1. É justamente para não ficar não dúvida que digo tudo (como os malucos, mesmo), pergunto tudo, experimento tudo!
    Não conhecia, mas concordo em absoluto.
    Costumo mesmo dizer" a dúvida mata-me"
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também desconhecia que o Buddha tinha pensamentos tão acertados :)

      Eliminar
  2. Infelizmente, cada vez tenho mais dúvidas.
    São corrosivas, e nem sempre são fáceis de resolver.
    H.

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Sendo dialogante, confiante e verdadeiro ;)

      Bons sonhos!

      Eliminar
  4. Vou desviar para o mural do meu face. :)

    ResponderEliminar
  5. Ai é "sendo dialogante, confiante e verdadeiro", seu pegador?!!! :p
    A dúvida é lixada, mesmo... Mas, muitas vezes, é inevitável. Não basta perguntar, também é preciso que a pessoa do outro lado queira responder...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opah, não me ofendas...eheheh

      Daí eu ter dito: tenhamos POUCAS dúvidas, porque é inevitável que existam ;)

      Eliminar
  6. E o Shakespeare disse um dia...

    "Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podia estar mais de acordo.

      Bem encaixada Lirio :)

      Eliminar
    2. Adorei o post e a resposta da Lirio

      homem sem blogue
      homemsemblogue.blogspot.pt

      Eliminar
  7. Por isso é que eu não tenho dúvidas.
    Sou dona de todo o saber
    ahahahhah
    e da parvidade tb :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pacto: quando tiver dúvidas, vou ter contigo para as resolver, certo? :)

      Eliminar
    2. Nãoooo.
      Eu limito-me a não ter dúvidas. Mas não sei resolvê-las porque nem as tenho :D ahah

      Eliminar
  8. Tenho vindo a aperceber-me disso mesmo! A dúvida é a origem de muitos males, principalmente da falta de serenidade, essa "coisa" tão fundamental na nossa vida, pelo menos, na minha é!

    E afecta ainda mais quando a deixamos existir, independentemente do tema, durante muito tempo no nosso dia-a-dia!

    ResponderEliminar