segunda-feira, 22 de outubro de 2012

"Alguém tem de ceder"

Este é o título do filme que, ontem, me embalou para umas horitas de repouso.

Uma comédia romântica que, no vale dos lençois, me fez reflectir e chegar às seguintes conclusões:

Facto 1: à medida que os anos vão passando, acomodamo-nos ao nosso espaço, à nossa forma de viver, aos nossos pormenores e torna-se cada vez mais dificil e receoso partilhar a vida com outra pessoa, deixar que alguém invada o nosso quotidiano...mas estamos sempre a tempo de mudar!

Facto 2: a diferença acentuada de idades não poderá servir de constrangimento e influenciar uma relação amorosa entre duas pessoas que se apaixonam e/ou que se amam. A paixão e o amor vai além de uma diferença geracional...mas, neste caso, terá de ser a sociedade estigmatizante e conservadora a mudar! 

23 comentários:

  1. Concordo com o ponto nº1
    O ponto nº2... é mais complicado, nós somos a sociedade, e isso ainda não é aceite de bons olhos "por nós"... acabamos sempre por julgar!
    :( é uma pena...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode tornar-se uma pena, mesmo...

      Eliminar
    2. Quando duas pessoas se encaixam, não devem preocupar-se com a sociedade. ;)

      Eliminar
  2. Bom... entao...
    Eu estou super habituada a viver no meu espaço....certo...
    mas ...quando nos apaixonamos...tudo se ajusta...
    quanto a diferenças de idades...eu nunca me senti atraida por pessoas bem mais velhas ou mais novas... por isso nao sei.
    bjos
    p.s....que mau feitio que anda por coimbra ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Entas, hoje que até fiz um post sentimental, acusas-me de mau feitio??!!?? LOL

      Os hábitos são tramados, mas estamos sempre a tempo de os moldar.
      Quem sabe, não te atrais por um homem de 74 anos (tinha que vir o golpe baixo) :P

      Eliminar
  3. Concordo, quanto mais velhos somos mais difícil é deixar o nosso espaço, mudar por outra pessoa, ter vontade de ceder, enfim, vamos ficando agarrados a alguns hábitos.

    Quanto à diferença de idades, pode não condicionar em teoria, mas na prática sim. Não queri dizer que são relaçõe simpossíveis, mas são mais dificeis e em nada falo da sociedade. É a linguagem que é diferente, as bases, as expectativas e isso traz obstáculos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas quando tudo é/parece perfeito, apesar da diferença de idades, não será de arriscar?

      Eliminar
    2. Claro que sim!! Always! Nunca deixar de viver um amor por medo dos obstáculos. Nunca se sabe como vai ser e desistir antes ainda de o experimentar é que é triste :)))

      Eliminar
    3. Já estou mais animado, para me apaixonar por uma moça de 20 anitos ahahahahah

      Eliminar
  4. Homens com idade para ser meus pais ou meus filhos, nem pensar, não seria capaz de me apaixonar, nos meus sentimentos ainda mando eu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei do teu testemunho...mas achas que é possível e viável?

      Eliminar
    2. Só com um bom cartão de crédito:)

      Eliminar
  5. Por vezes não se trata de meros hábitos, mas sim de um acomodar que acaba por ser prejudicial.
    A diferença geracional, por norma, traz muitos dissabores.
    Bjs
    H.

    ResponderEliminar
  6. Quando vale a pena tudo o mais deixa de fazer sentido!
    O meu espaço...
    A diferença de idades...
    O amor é soberano e tem razões que a razão desconhece!

    ResponderEliminar
  7. Eu acredito no amor, tudo o resto são pequenos pormenores ;)

    ResponderEliminar
  8. Eu nunca entendi muito bem essa ideia de que "o amor não escolhe idades". Talvez seja um preconceito que formei e que tenho de quebrar, mas não entendo sinceramente. Não me consigo imaginar a viver uma história de amor com um homem bastante mais velho do que eu. Não sei. Talvez a idade me faça amadurecer e consiga ultrapassar este preconceito. E eu que nem sou nada conservadora noutras questões :) Acho que no que toca ao amor, afinal sou...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em relação a certos temas, também sou um pouco antiquado, mas acho que o amor deve ser vivênciado em cada caso...se duas pessoas de encaixam, se apaixonam e se amam, porque não arriscarem independentemente das idades e daquilo que a sociedade poderá dizer?

      Eliminar