domingo, 21 de outubro de 2012

Safei-me!

Ontem, regressava a casa depois de uma mini-tarde de shopping, quando sou mandado parar numa "operação stop".

Dirige-se um guarda à minha viatura, abro o vidro e ele:
- Boa tarde! O senhor vinha a falar ao telemóvel...por favor, a sua carta?

Eu (nervoso e tentando corrigir a infracção que vinha a cometer):
- Boa tarde, sr. guarda. Peço desculpa, mas perdi-a!

Guarda:
- O documento único da viatura?

Eu:
- Sr. guarda, o carro não é meu!

Guarda (olhando com ar de mau):
- Procure no porta-luvas.

Eu:
- Bem, não se assuste com a navalha de "ponta e mola", mas vou procurar.

O guarda, com ar de poucos amigos, manda-me aguardar, volta ao carro de patrulha e, passado um minuto, regressa com o superior (presumo).

Superior:
- Os seus documentos e o da viatura?

Eu:
- A minha carta e cartão de cidadão estão aqui e o documento único está no porta-luvas, um momento... olhe aqui sr. guarda.

Superior(com ar intrigado):
- Deve haver um equívoco uma vez que o meu colega disse-me que não tinha documentos e teria uma arma branca no porta-luvas.

Eu (tentando aparentar ar sério):
- Está a brincar...bem, só falta o seu colega dizer que eu estava a conduzir e a falar ao telemóvel...

Superior (com ar de poucos amigos):
- Arrume a documentação e tenha uma boa tarde.

Eu, nervoso, mas tentando não transparecer, coloco tudo em cima do banco do pendura e arranco.

Ufa!!

35 comentários:

  1. 0.o What?!
    Fizeste mesmo isso ou é uma piada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que fiz de mal? Já tenho averbada uma infracção no meu registo estradal, como tal não me podia sujeitar a ficar sem carta :P

      Eliminar
    2. Além de teres cometido uma infracção, ainda conseguiste mentir o que não é de todo correcto, além de que acusaste o policia de ser mentiroso. E já tens uma infracção, devias ter um pouco mais de cuidado, até para o teu bem e o bem dos outros que circulam.
      Mas isto é a minha forma de ver as coisas, às quais muitos não ligam e acham uma treta, pior é quando acontece as consequências desses actos que por vezes são fatais.

      Eliminar
    3. Tens toda a razão :(
      Mas os policias às vezes merecem, porque de civicos não têm nada...LOL

      (espero não andarem por aqui agentes da autoridade)

      Eliminar
    4. Sim, mas não podemos generalizar e neste caso o erro foi teu. Mas já vi que tens pinta para mentir =/ Eu não era capaz.

      Eliminar
    5. Não menti! Foi apenas uma artimanha...não tenho culpa de o policia ter "caído"...lol

      Eliminar
    6. Discordo nisso, mas não vou discutir este assunto contigo. Acho que temos opiniões opostas.

      Eliminar
  2. Fizeste isso mesmo???? lolololol... brutal!!! Eu também não teria o sangue frio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Naquele momento, o sangue deve ter parado de correr :P

      Eliminar
  3. Malandro! Só por estares a falar o telemóvel.
    Ontem, eu tive menos sorte não com a polícia mas com um condutor de uma harley que mandou uma beijaça violenta no meu carro.
    O dano foi pequeno e eu mandei o moço fugir dali antes que me arrependesse e o fizesse pagar os estragos e deixar como pagamento a duas rodas :)
    Ele vinha a dar gás ali na zona da Auto IC2 ( que deves conhecer).
    Bjs
    H.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xiiiii...coitada da Harley :P

      Espero que ninguém se tenha magoado.
      Claro que conheço a IC2

      Bjs

      Eliminar
    2. Não houve feridos, apenas o meu carro sofreu um pouco, mas nada de grave.
      Mas vou andar de olho no rapaz, pois ele anda por ali todos ou quase todos os dias :) Só quero sacar-lhe o veículo :)
      Bj.
      H.

      Eliminar
    3. Looolll...por ali presumo ser Coimbra, certo?

      O ferro era dark?

      Eliminar
    4. Sim, isso mesmo.
      Sim era dark :)Mas não era dele, daí eu ter pena dele e deixei-o ir.
      Bjs
      H.

      Eliminar
  4. Eu já vi essa cena...mas não me perguntes onde :)
    Tal e qual só falta o canivete.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na "cena" que terás visto até cadáver havia na mala do carro, não? eheheheh

      Eliminar
  5. Fogo, sou mesmo toina.
    Andei eu no meu blog a tratar de tudo direitinho para apareceres sempre que postasses, e nada!
    Vou tentar novamente :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Loooolll...faz como eu: gravo os poucos que sigo nos favoritos e depois vou cuscando :)

      Eliminar
    2. CONSEGUI!
      Custou mas já está.
      Até nisto se vê que não és uma pessoa fácil :)

      Eliminar
    3. Que bom :)

      Pessoas fáceis, não são valorizáveis eheheh

      Eliminar
  6. Ahahah! Que pinta ;P
    Ontem também fomos parados e ele tinha-se esquecido da carta de condução no carro, tínhamos ido de carripana (a nossa casa de férias com rodas) para a pesca. Estavam os 3 G.N.R.'s com cara de desconfiados... Só pediram para abrir a carripana para ver o que levávamos e estávamos a arrancar quando pararam outra carrinha. Deviam andar à procura de alguma coisa que nem se chatearam muito com a falta da carta.
    Por momentos pensei que tinha de levar a carripana para casa e eu mal chego aos pedais ;P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, neste vosso caso deviam andar à procura de algo...sorte a vossa, porque teriam que apresentar posteriormente a carta e pagar coima.

      ahahahah...por mera cautela, tens de comprar uns tamancos, para conduzir essa carripana :)

      Eliminar
    2. Comprar uns tamancos ou ir sentada na pontinha do banco ;P

      Eliminar
  7. És um novo heroi :)

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Serei eu a única a não acreditar que isso tenha saído da tua cabecita?! ;p
    Mas a piada é muito boa, sim senhor ;)

    ResponderEliminar
  9. A ser verdade, foi brilhante!
    Já eu, uso sempre a artimanha da confusão da mala de senhora e como a mala do meu carro parece uma arrecadação (tem de tudo), levo horrores de tempo a procurar as coisas até os cansar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahah...também é uma boa táctica! :)

      Eliminar
  10. Muito bom!

    Só mandaram parar uma vez e a minha técnica usada foi falar, falar e perguntar qualquer coisa que me venha à cabeça, como "drogas"...;)

    ResponderEliminar