quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Da Escuridão Nasce a Inspiração #2

Cheguei tarde e já te encontravas na nossa cama.
Dormias angelicamente.
Enquanto me despia, penitenciei-me por ter desperdiçado um final de tarde/noite nos teus braços.
Olhando para ti, apenas tive o cuidado de aconchegar o lençol ao teu corpo, despido e macio, e dar-te um carinhoso beijo na testa.
Deitei-me ao teu lado. Instintivamente, sentis-te a minha presença e encostaste-te a mim.
Sabia que estava perdoado.

38 comentários:

  1. Que belo texto.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Parece que estou a ver tudo o que descreves, muito bem escrito!! Põe inspiração nisso!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pequenos momentos, a acontecer numa qualquer casa ;)

      Eliminar
  3. Parece-me que o #2 ainda está melhor do que o #1 ;)
    Lindo, na sua simplicidade! :)

    (e, claro, vou esperar pelos próximos)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bah, o #3 será pior, para não te habituares :P

      Eliminar
  4. :) Lindo! Não te "perdoo" se deixares de escrever assim ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bolas, que tamanha resposabilidade para cima dos meus ombros :)

      Eliminar
  5. Gosto destes teus textos... Destes teus momentos ;)

    ResponderEliminar
  6. Oh...até parece que estás aqui(quase)todas as noites a assistir :))
    só que eu não tenho nada a perdoar...é a vida que assim obriga.

    ResponderEliminar
  7. A duas rodas anda a fazer o trabalho de casa, isto é, a inspirar-te.
    Parabéns!
    Beijo "despido e macio"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta inspiração não advém da minha paixão de duas rodas...
      Obrigado!
      Aceito o beijo, mas gosto deles mais vestidos, porque são mais quentinhos :P

      Eliminar
    2. Então beijos quentes :)
      Bom dia.
      Eu estou em modo férias. Iupi!:)
      Bj

      Eliminar
  8. a intimidade no seu mais puro e delicado estado.....
    na realidade pedrem-se tantos ...pequenos momentos...assim :)
    parabens...está maravilhoso
    bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes momentos fazem parte do dia-a-dia, como tal à que perdoá-los e compensá-los :)
      Bejs

      Eliminar
  9. Quero ler mais sobre esse teu lado romântico.
    Gosto muito :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre o disse: não me acho romântico!
      Bjs

      Eliminar
    2. Mas quem escreve assim é porque tem uma veia romântica. Senão nem te importarias escrever sobre o amor entre duas pessoas.

      Eliminar
  10. Já agora é apenas imaginação ou foi algo pessoal que já passaste?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pequenos desvaneios, inspirados numa fonte feminina :)

      Eliminar
    2. Parece-me que anda aí paixoneta :p

      Eliminar
    3. Do parecer ao ser ainda vai alguma distância eheheh

      Eliminar
    4. Disse parecer porque não tenho certezas lol
      Não respondeste afirmadamente que estás apaixonada ou não. MAs calculei por estares a escrever assim é porque alguém te anda a dar a volta à cabeça, ou então já deu a volta antes e lembraste-te de escrever estas coisas bonitas :p

      Eliminar
    5. Confidencio: isto são escritos de há algum tempo atrás e que estavam arquivados no meu PC!
      Ultimamente, a inspiração tem andado a vadiar...
      (eu sei que fugi novamente à questão eheheheh)

      Eliminar
    6. Menos mal, ao menos já me contaste de onde veio essa inspiração, foi de uma paixoneta passada :p

      Eliminar
  11. Um pequeno texto, com uma grande mensagem.
    E quando existe amor, perdoa-se quase tudo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E de manhã? Deu-te nas orelhas por chegares tarde?

      Eliminar
    2. Claro que não! De manhã,...hummm...dá um post :P

      Eliminar
    3. Bem... se de manhã dá um post... isso foi um incentivo a chegares sempre tarde, ficas com manhãs alegres. :)

      Eliminar
    4. Tudo o que é em exagero, cai mal :)

      Eliminar
  12. UAAAAUUUUUU... Parabéns!!! Muito bom! Amar é saber perdoar! E a forma como descreveste este momento é meio caminho andado para a cara metade perdoar o atraso!;) bjitos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! :)
      Verdade: o perdão tem de fazer parte do amor.

      Eliminar