quinta-feira, 12 de julho de 2012

Blogger, porquê?


Hoje acordei com vontade de ser mais blogger!!

Confesso: nunca fui dado a este tipo de novas tecnologias (sempre me apelidei de analfabeto nesta área), utilizando o meio virtual basicamente como instrumento de trabalho. Mas depois de ter “tirado os três”, começo a gostar de ser blogger, embora tenha um longo caminho a percorrer, porque, para já, como alguém já me apelidou, serei uma “amostra” (acrescento: reles).

O porquê de me tornar num blogger? Simples:

1) Dá estilo. Dá pinta. Cria empatia no sexo feminino, que até comenta: «epah, já viste, o gajo até tem um bloggue, tal e coiso...». Portanto, faz parte do ego ter um bloggue... tal como ter facebook e, em tempos, Hi5.

2) Serve de confidente, para o bem e para o mal. É como ter um amigo a quem desabafamos pedaços da nossa vida. Local onde lamuriamos, onde expressamos alegrias e até onde prestamos a nossa solidariedade.

3) Constitui um desafio a mim mesmo: saber até quando o vou “manter vivo”... desafio esse que, de certeza, me vai levar de vencido, mas "prontos"!

Portanto, preparem-se para o que aí vem…mas não criem grandes expectativas, porque não me vou despir…apenas quero espairecer, porque como muita gente já amei, já sofri, já andei/ando à nora. Inté!

Já agora, podem-me esclarecer qual o significado de colocar, a seguir a um título, o cardinal seguido de um número?


10 comentários:

  1. Serve para quando queres repetir o mesmo assunto enumerares... tipo: coisas que gosto #1 mais tarde lembraste de algo que gostas também e dizes: coisas que gosto #2
    Percebeu sr bloguer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esclarecido! :)
      Aos poucos chego lá :P
      Obrigado!

      Eliminar
  2. Boa sorte!

    Depois dá a receita, pode ser que um dia eu tb acorde com essa vontade. :)

    ResponderEliminar
  3. Então que cá te mantenhas e nós também... :)

    è um partilhar de emoçoes de ideias de coisas pessoais..ou não
    E enquanto te sentires bem a faze-lo...é continuar :)

    ResponderEliminar
  4. O blogue é uma terapia. Para mim começou dessa forma.

    E cá estarei para te ler, ver. :)

    ResponderEliminar
  5. Acho que ter um blogue é como tudo na vida, ser bom ou mau depende das consequências que tem para ti o uso que lhe dás (não o uso em si, porque isso ninguém pode julgar, mas sim o efeito que o uso tem em ti)... Mantem-te por cá, que nós vamos lendo os teus devaneios e mandando uns lamirés ao ar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acima de tudo, que sirva para mandar umas larachas :)

      Eliminar